Notícias

21.07.2020

Confira como foi a participação da FAE no Festival de Inverno de Curitiba


De 25 de junho a 05 de julho aconteceu a oitava edição do Festival de Inverno do Centro Histórico de Curitiba. Em decorrência do covid-19, ocorreu de forma on-line, e contou a colaboração de diversas atrações, envolvendo, inclusive, nossos alunos. Rolaram bate-papos, divulgações de vídeos feitos por nossos alunos de Publicidade e Propaganda e até um experimento artístico ao vivo.

Segundo a artista Mazé, que participou da Experimento Artístico ao Vivo, “essa parceria da FAE com o Festival serviu como um ponto de partida para a produção de novos eventos artísticos e culturais, e para valorizar a continuidade de criações e discussões que a Instituição vem proporcionando para e pelos seus alunos. E, graças à ótima receptividade, dia 1º de agosto (sábado), repetiremos o ‘Experimento Tudo Junto e Misturado’ nos canais do Teatro Bom Jesus’’.

Conversamos também com a Professora Lu Berlese, que comentou sobre a parceria da FAE, pela quarta vez consecutiva, como apoiadora do festival: “Nas edições anteriores, os alunos de Publicidade e Propaganda produziram a cobertura fotográfica do evento. Era uma oportunidade incrível de vivenciar a profissão no seu dia a dia. Este ano, mudamos o formato por conta da pandemia e a experiência foi muito positiva”.

As atrações que aconteceram com a ajuda dos alunos e colaboradores, foram:

Cineclube FAE – Especial Psicanálise & Cinema
Debate on-line que foi conduzido pela psicanalista Elenice Milani, a partir dos filmes "James Joyce's Ulysses" e "O Retrato do Artista Quando Jovem".

Bate-Papo sobre produções audiovisuais durante o isolamento
Os alunos apresentaram as soluções encontradas para a realização das produções audiovisuais acadêmicas no período da quarentena; falaram sobre as frustrações de não poderem trabalhar em equipe presencialmente, bem como sobre as decisões de mudança e dificuldades encontradas para os projetos acontecerem. Ao final do bate-papo, rolaram também indicações de filmes.

Bate-papo sobre produção fotográfica durante o isolamento: narrativas visuais (com a professora Lu Berlese e o fotógrafo e aluno de Psicologia Cayo Vieira)
A conversa girou em torno do fazer fotográfico como forma de expressão pessoal. Desde o início da quarentena, Cayo produziu dois ensaios que falam do seu processo interno sobre o confinamento. “Três ao Cubo” mostra o dia a dia da família (ele, sua companheira e sua filha) e “Transeuntes” mostra o entorno visto pela janela de seu apartamento. No final da entrevista, os espectadores puderam fazer perguntas e dar depoimentos sobre suas impressões ao ver as imagens produzidas.

Experimento Artístico Interativo ao Vivo
Com produção e participação da atriz Mazé Portugal, do ator César Cantão e da bailarina e pianista Inês Drumond, que estiveram disponíveis on-line para interagir. A combinação de performances improvisadas conforme escolha do público foi denominada “Tudo Junto e Misturado”.

Os participantes do Festival também tiveram acesso a curtas-metragens, musicais e colagens dos alunos do 1º e 3º ano de Publicidade e Propaganda. Os conteúdos foram divulgados nas redes sociais do festival.





Galeria de fotos






Compartilhe: