PsicoFAE - Clínica de Psicologia

A Clínica


O Serviço-escola do curso de Psicologia da FAE Centro Universitário – PsicoFAE é um espaço para o desenvolvimento de atividades específicas da prática profissional, vinculadas aos estágios curriculares, aos projetos de extensão, ensino e pesquisa, além de intervenções ligadas às disciplinas práticas em áreas como Clínica, Social, Trabalho, Educacional, Saúde/Hospitalar e Jurídica.

Os atendimentos à comunidade no Serviço-Escola PsicoFAE são realizados pelos alunos dos últimos períodos do curso de Psicologia, supervisionados por professores capacitados em diferentes linhas de atuação. Os atendimentos podem ser individuais, em grupos, casais ou familiares, para qualquer faixa etária.

Os honorários praticados são estabelecidos conforme a renda familiar. O critério para atendimento é a renda máxima de dois salários mínimos por membros da família, sendo necessário a entrega de uma cópia do comprovante. O funcionamento do PsicoFAE segue o calendário acadêmico institucional, não oferecendo atendimento à comunidade durante o período de férias acadêmicas e feriados.

Infraestrutura


Como participar


1. Entrar em contato pelos telefones (41) 2105-4826 e (41) 2105-4815, e-mail psicofae@fae.edu ou pessoalmente no local. O contato deve ser realizado pelo próprio paciente ou pelo responsável legal nos casos em que o atendimento for direcionado crianças. 

2. Aguardar retorno das secretárias para o agendamento. Comparecer no dia e no horário agendado com 15 minutos de antecedência para preenchimento do registro de clientes.

3. Caso haja demora no início do atendimento, em qualquer das modalidades, o interessado poderá ligar para a clínica para ter informação sobre o andamento de seu caso.

Serviços


Atendimento psicológico gratuito, em caráter emergencial. Proporciona acolhimento e suporte emocional em situações de urgência e de crise. Nessa modalidade os atendimentos são pontuais, ocorrendo, no máximo, em três sessões.

Não é necessário realizar agendamento prévio, basta se apresentar na PsicoFAE no horário de atendimento: terças e quintas-feiras, das 13h às 16h. No período de férias acadêmicas e feriados os atendimentos são suspensos.

O grupo proporciona um espaço de acolhimento e diálogo à pessoas que convivem com dor crônica, seja física, social, psíquica ou espiritual. Nesta visão, além de ser subjetiva, a dor pode ser manejada em diferentes aspectos para seu alívio. Os participantes podem aprender sobre si e sobre práticas psicológicas que possibilitem o treino de habilidades para manejo do ciclo da dor.

Atendimento gratuito para adultos com obesidade. Por meio de um espaço terapêutico acolhedor, oferecemos ajuda emocional frente às dificuldades inerentes ao processo de saúde/doença, assim como reflexões sobre o comportamento alimentar saudável e os fatores psicológicos envolvidos.

Os encontros acontecem quinzenalmente, às sextas-feiras, das 17h30 às 19h. O grupo está vinculado ao LATOS – Laboratório de Pesquisa em Transtornos Alimentares, Obesidade de Saúde Mental da FAE.

Atendimento para crianças entre 6 e 12 anos, com dificuldades no comportamento alimentar. Oferecemos um espaço onde a criança possa manifestar suas queixas, desejos e sintomas relacionados ao seu comportamento alimentar e fatores psicológicos envolvidos.

Os encontros acontecem quinzenalmente, às sextas-feiras, das 14h às 15h30. Os atendimentos são gratuitos. O grupo está vinculado ao LATOS – Laboratório de Pesquisa em Transtornos Alimentares, Obesidade de Saúde Mental da FAE.

Atendimento psicológico individual voltado para pacientes com transtornos alimentares, tais como a anorexia nervosa e a bulimia nervosa. Também realizamos avaliação psicológica para procedimento bariátrico.

O grupo está vinculado ao LATOS – Laboratório de Pesquisa em Transtornos Alimentares, Obesidade de Saúde Mental da FAE.

Grupos que oportunizam espaços para conversas e orientações para pais, sobre o processo educativo dos seus filhos. Os encontros são quinzenais e gratuitos. São ofertados dois grupos, conforme a faixa etária dos filhos:

  • Pais com filhos de até 11 anos
  • Pais com filhos de 12 a 18 anos

 



 

O grupo de psicoterapia infantil é destinado para crianças com idade entre 8 e 12 anos e tem como objetivo desenvolver as habilidades socioemocionais da criança e trabalhar temáticas relacionadas à infância.
 
Já o grupo psicoterapêutico para adolescentes é destinado para a faixa etária entre 13 e 18 anos e tem como objetivo abordar temáticas relacionadas à adolescência, visando a promoção de saúde mental.

Tipos de atendimentos ofertados:
 
  • Atendimento psicoterapêutico individual: trabalha questões de ordem emocional a partir das queixas trazidas pelo paciente. Uma das principais ferramentas utilizadas na psicoterapia é a fala, pois é através dela que o paciente poderá expressar seus pensamentos e sentimentos.
     
  • Atendimento psicoterapêutico para crianças e adolescentes: trabalha questões de ordem emocional a partir das queixas levantadas com os responsáveis e com a própria criança/adolescente. Uma das principais ferramentas utilizadas na psicoterapia infantil é a ludoterapia, pois é através do brincar que a criança ou o adolescente poderá se expressar.
     
  • Psicoterapia familiar ou para casal: este tipo de atendimento tem como objetivo construir e desenvolver o diálogo entre os membros, auxiliando na resolução de conflitos e dificuldades.

É direcionada a jovens que pretendem ingressar numa área profissional e se encontram indecisos quanto à escolha do curso. Busca auxiliar no reconhecimento de suas aptidões e habilidades, por meio de reflexões e questionamentos que propiciem o autoconhecimento.

Este tipo de atendimento também é voltado a adultos que pretendem mudar de carreira ou se desenvolver mais na profissão, de forma a auxiliá-los na reflexão sobre sua profissão atual, valores e perspectivas futuras.

A proposta é acolher adolescentes que se automutilam, bem como seus familiares, para que tenham um lugar para trabalhar o seu sofrimento emocional, desenvolver habilidades e fortalecer vínculos, com uma equipe preparada para acolher e facilitar o diálogo.

Grupo promove o acolhimentoe apoio a pessoas em sofrimento intenso, mais especificamente nas crises do tipo psicóticas. O PEQUI entende este tipo de crises para além de um diagnóstico, se esforçando para compreender o sujeito em sua totalidade, junto às suas relações. A proposta central são encontros com o sujeito e sua família, com possibilidade também da presença de pessoas da rede social, caso ele entenda como importante. 

Também são ofertados atendimentos individuais de psicoterapia, musicoterapia ou acupuntura, e atividades em grupos de musicoterapia ou de Tai Chi Chuan, para as pessoas envolvidas que desejarem esse tipo de atendimento. Para mais informações entre em contato pelo email: pequi.primeirascrises@gmail.com.

É voltado para o acolhimento de professores da rede pública e privada em um processo dinâmico, com espaço aberto para a escuta. Os encontros do PAIP visam promover debates e discussões sobre temas educacionais e relacionados à Psicologia da Educação, bem como propiciar momentos de vivências, dinâmicas e rodas de conversas sobre assuntos sugeridos pelos próprios participantes e de relevância dentro do ambiente escolar

Grupo de estudo e pesquisa que visa ampliar a discussão no meio acadêmico acerca da morte, vida e ética, construindo um espaço de estudo, pesquisa e extensão que transite pelas diferentes temáticas relacionadas a estas questões. O Catrina dispõe de atendimentos individuais ou em grupo destinados à comunidade que estejam vivenciando questões relacionadas à morte, luto e terminalidade.

A avaliação neuropsicológica busca compreender o funcionamento e as dificuldades do indivíduo relacionadas a cognição, atenção, memória, comportamento e funções executivas. Por meio da reabilitação neuropsicológica são realizadas as intervenções necessárias junto aos pacientes e familiares para que possam melhorar sua qualidade de vida e superar as dificuldades. Tanto a avaliação quanto a reabilitação neuropsicológica podem ser realizadas com crianças, adolescentes, adultos e idosos.


Quer saber mais? Entre em contato por meio de um de nossos canais.


  • Horário de atendimento: Segunda a sexta, das 8h às 21h.
    Sábados, das 8h às 12h.

  • Endereço:  Rua 24 de Maio, 135. Centro, Curitiba-PR.