Notícias

19.06.2020

5 perguntas e respostas sobre empregabilidade no isolamento


A Profª. Elaine Pacheco, que coordena o Núcleo de Empregabilidade (NEP) da FAE, respondeu algumas perguntas sobre a situação do mercado de trabalho nesse momento de isolamento social devido à pandemia do covid-19.
Leia a seguir e não deixe de utilizar os serviços do NEP e acompanhar as lives e postagens tanto no Instagram (@carreirafae) quanto no LinkedIn (Grupo NEP).

1) Como você enxerga o panorama geral de mercado de trabalho hoje no Brasil?

Quando estávamos retomando uma situação favorável no mercado de trabalho, a pandemia chegou. O isolamento social foi indicado na segunda quinzena de março em Curitiba e o mercado de trabalho mudou de um dia para outro: empresas fecharam, outras adotaram o Home Office, muitos profissionais foram demitidos e outros tiveram seus salários reduzidos, profissões foram digitalizadas e outras não puderam. Ao final de abril, segundo o IBGE, a taxa de desemprego chegou à 12,6%, atingindo 12,8 milhões de pessoas, com um fechamento de quase 5 milhões de postos de trabalho. As micro e pequenas empresas foram as mais atingidas. Nos meses de maio e junho, as contratações voltaram a acontecer, mas em ritmo menor do que antes da pandemia. Ao observarmos o mercado, podemos perceber uma grande oferta de vagas na área de TI, vagas mais operacionais nos segmentos de serviços e produtos essenciais. Algumas tendências passaram a ser realidade: digitalização dos negócios, Home Office, a substituição da empregabilidade por trabalhabilidade, achatamento das estruturas organizacionais, o profissional 5.0. O que mais mudou?
• Maior exigência para com o profissional;
• Novos modelos de trabalho, tarefas e atividades;
• Seleção mais rigorosa, com avaliação emocional e profissional. Recrutamento e Seleção realizado on-line e por meio de APPs;
• Aceleração da implantação da Inteligência Artificial, gamificação, machine learning, realidade aumentada.
Para resumir: as vagas diminuíram e as exigências aumentaram. Nós profissionais devemos nos atualizar e nos reinventar.

2) E como você visualiza a inserção dos universitários no mercado nesse momento?

Os universitários estão em momento de aprendizado, fator positivo para as empresas. Podem aplicar conhecimentos atuais para trazer inovação aos negócios, possuem facilidade para desenvolver as habilidades digitais e seu nível de maturidade profissional não exige grandes remunerações. Dessa forma, o mercado pode ser favorável. No entanto, alguns estágios podem sofrer com a pandemia com vagas congeladas, carga horária reduzida, distanciamento do aprendizado e posições finalizadas. A dica é não desanimar e não parar de se atualizar, pois esta situação é passageira e tende a melhorar à medida que as atividades vão se normalizando!
Reforçando: o ensino superior eleva o grau de qualificação de um candidato e é um dos fatores decisórios na hora da contratação.

3) Poderia citar exemplos de alunos da FAE que foram aprovados para novas vagas durante a pandemia com auxílio do Núcleo de Empregabilidade?

Sim. Tivemos alguns alunos que mesmo antes da pandemia buscavam novas oportunidades e outros que passaram a buscar durante a pandemia. Podemos citar a Karine Mattozo, aluna da FAE Araucária, que conseguiu uma oportunidade na VIVO Telefônica do Brasil. Outro exemplo é o aluno Sérgio Rosário, da FAE Curitiba, que começou a trabalhar na ASAP Log – Soluções em Logística. Tivemos também a Ana Julia Brasil que conseguiu um excelente estágio na startup Doctoralia. O aluno Pedro Hammer conseguiu sua primeira vaga de estágio na Trajetória Consultoria. Todos eles passaram por orientações individuais do NEP, mas os créditos das conquistas são todos deles.
Estes são alguns exemplos, mas temos recebido muitos contratos novos de estágio além de alunos que conseguem oportunidades efetivas e não ficamos sabendo.

4) Quais serviços o NEP oferece para nossos alunos de graduação, pós-graduação e ex-alunos à distância no atual cenário?

O NEP tem como propósito apoiar o desenvolvimento de carreira dos alunos e ex-alunos FAE. Neste sentido, agora mais do que nunca estamos juntos na jornada da busca de uma oportunidade. Para isso, realizamos orientações individuais e personalizadas como revisão de Currículo, Revisão do LinkedIn, preparação para o processo seletivo. Juntos, traçamos estratégias para conseguir a vaga tão sonhada e ficamos também na torcida. Se o aluno ou ex-aluno desejar, podemos fazer entrevistas simuladas e dar um feedback do seu desempenho. Além disso, divulgamos diversas vagas em nossos canais digitais (Instagram, LinkedIn e WhatsApp) e acompanhamos as constantes atualizações da situação do mercado de trabalho.
Deixamos claro que não podemos garantir a inserção ou recolocação no mercado, apenas apoiamos o aluno ou ex-aluno desta jornada. A conquista do novo emprego depende 90% do esforço da pessoa. Nós ensinamos a pescar e quem conquista o peixe é a pessoa.

5) Quais dicas você pode nos trazer para enfrentarmos tudo isso?

A primeira questão é que devemos enxergar este isolamento social e a pandemia como uma grande oportunidade. Ficar em casa se lamentando não traz resultado algum. Se você está à procura de uma oportunidade, aproveite para se qualificar ainda mais com cursos gratuitos ofertados na internet, leia mais livros e estude. Faça desse limão uma limonada suíça. Um currículo bem estruturado faz a diferença, mas não garante que o recrutador irá te chamar. Então "correr atrás" das vagas que condizem com seu perfil é importante... estabeleça uma rotina de procura de trabalho. Ative e potencialize suas redes sociais para fortalecer sua imagem profissional e para ativar sua rede de contatos. Cerca de 80% das recolocações se dão por meio do networking. Agora é o momento de você se reinventar e mostrar que pode trazer resultados expressivos para o mercado. Você pode também tirar planos do papel e empreender... crises geram grandes oportunidades de negócios de sucesso.

Contatos do NEP (Núcleo de Empregabilidade):
E-mail: empregabilidade@fae.edu
Whatsapp: 2105-4192
Instagram: @carreirafae
LinkedIn: Grupo NEP



Compartilhe: