Notícias

03.06.2020

FAE participa do debate Economia em tempos de pandemia



No dia 28 de maio, alunos e professores do curso de Ciências Econômicas da FAE, em parceria com o Corecon-PR, participaram de um debate cujo tema foi “Economia em tempos de pandemia. Como o coronavírus pode impactar o ambiente de negócios”.

Entre os economistas debatedores estavam o professor Carlos Cleto; o economista, consultor e ex-presidente do Ipardes, Gilmar Mendes Lourenço; o doutor em Desenvolvimento Econômico Lucas Lautert Dezordi, bem como o presidente do Corecon-PR, o economista Carlos Magno Bittencourt.

A mediação ficou por conta de Solidia Santos, economista, coordenadora e professora nos Cursos de Ciências Econômicas e Negócios Internacionais da FAE, e Cintia Netto, coordenadora do Curso de Ciências Econômicas de uma faculdade em Curitiba.

O economista Gilmar Mendes Lourenço destacou o cenário econômico nos níveis estadual, nacional e internacional e as ações que estão sendo realizadas a fim de minimizar os impactos da pandemia.

Além de análises sobre a conjuntura econômica nacional e internacional dos impactos do Covid-19 na vida de toda a sociedade, o evento também trouxe grandes reflexões para os estudantes de economia.

As organizações estão cada vez mais digitais. Portanto, mais do que nunca é necessário entender, de forma dinâmica, o mercado e os desafios econômicos do novo mundo imposto pela pandemia.

As empresas precisarão de economistas com pensamento sólido, lógico, quantitativo e histórico, competências natas de um profissional da área. Porém a formação instrumental será essencial nesse momento. Segundo o economista Lucas Dezordi, será necessário o uso da ciência de dados que não seja só o pensamento mecanicista, mas também que ajude as organizações no ambiente desafiador a tomar decisões fundamentadas pelo instrumental.

O professor Carlos Cleto ressaltou a importância dos profissionais de economia a se adaptarem à realidade, pois só assim teremos economistas.


Compartilhe: