Notícias

19.11.2014

Esporte e conhecimento


Alunas do curso de Letras trabalham em prol de um futuro melhor a pequenos atletas.
Alunas do curso de Letras trabalham em prol de um futuro melhor a pequenos atletas.
Há um ano, duas alunas do curso de Letras trabalham como monitoras em um projeto especial: o Instituto Ícaro, que visa à formação desportiva – na modalidade do Tênis - de crianças com baixo poder aquisitivo.

Segundo o coordenador do curso de Letras, Rogério Tomaz, a parceria, que iniciou em março de 2014, é uma oportunidade para que estes pequenos atletas possam aprender língua estrangeira, neste caso, o inglês, como subsídio para futuras bolsas de estudos no exterior.

Para operacionalizar a parceria, as vagas foram atreladas ao Programa de Monitoria da Instituição, que oferece desconto nas mensalidades para os alunos selecionados. Para Tomaz, a escolha das alunas Daniele Gaio Hoffmann e Julia Ramori Farinha foi acertada. “São excelentes acadêmicas e profissionais. As crianças que estão assistindo às aulas de língua inglesa estão progredindo muito”, relata.

O Instituto

O Instituto Ícaro tem como principal objetivo ofertar a prática do esporte na modalidade Tênis de Campo para 150 crianças e adolescentes entre cinco e 18 anos de idade, de baixa renda e que frequentam escolas públicas na cidade de Curitiba. Os participantes passam por uma triagem, onde são avaliadas as condições socioeconômicas e familiares. É dada prioridade aos alunos de baixa renda e em condição de risco social.

As atividades acontecem três vezes por semana em turnos de duas horas, nas quadras da Viva Esporte Academia. Além de aulas de Tênis, os alunos contam ainda com complementação alimentar e material esportivo de qualidade, que respeita a faixa etária e capacidade técnica e física de cada um.



Galeria de fotos






Compartilhe: