Notícias

29.08.2014

Brincar é aprender


Curso de Pedagogia fecha parceria com Prefeitura e inicia atividades no Programa Comunidade Escola.
Curso de Pedagogia fecha parceria com Prefeitura e inicia atividades no Programa Comunidade Escola.
Neste mês, acadêmicos do curso de Pedagogia iniciaram as atividades do “Brincar é Aprender” em uma escola municipal atendida no Programa Comunidade Escola. O Projeto “Brincar é Aprender” oportuniza aos alunos da FAE a experiência pedagógica e o contato com a realidade escolar.

O trabalho desenvolvido é fruto da parceria firmada, no início de agosto, com a Prefeitura da capital paranaense. O Programa Comunidade Escola mantém as escolas da Rede Municipal de Ensino de Curitiba abertas para a comunidade, aos sábados e domingos, das 9h às 17h. São desenvolvidas atividades socioeducativas gratuitas nas salas de aula, quadras esportivas, auditórios, bibliotecas e laboratórios de informática, cursos para geração de renda, atividades esportivas, culturais, de lazer e saúde.

Entre as atividades desenvolvidas pelos acadêmicos estavam: Dinâmica de Apresentação, Formação de Palavras e História com Consequência. Para a coordenadora do curso de Pedagogia, Sílvia Iuan Lozza, esta atividade traz muitos benefícios tanto para o acadêmico quanto para a comunidade. “Nossos alunos vivenciam a profissão por meio da interação com crianças e jovens. Além disso, conseguem desenvolver várias estratégias de aprendizado de maneira lúdica e significativa para cada público”, explica a coordenadora.

Experiências em sala

Para enriquecer ainda mais o conteúdo aprendido em sala de aula, os discentes do curso de Pedagogia puderam ainda conversar com os seguintes profissionais:
  • Solange Sant Ana, da Secretaria Municipal da Educação, em palestra sobre o funcionamento da EJA FASE I no Município de Curitiba – PR. O evento teve a duração de 4hs e foi utilizada a metodologia dialética com em roda de diálogo;
  • Ana Cristina Caldas e Rosane de Jesus, em palestra sobre processos e ações característicos da gestão e organização do trabalho pedogógico na educação infantil;
  • Celita Walter de Oliveira e Laíza Walter de Oliveira, em palestra sobre educação inclusiva – surdez.


Compartilhe: