Notícias

07.10.2016

I Congresso Brasileiro de Psicologia da FAE: a profissão na prática


Evento contou com mais de 50 trabalhos acadêmicos e a presença de profissionais renomados na área
Evento contou com mais de 50 trabalhos acadêmicos e a presença de profissionais renomados na área
Entre os dias 29 de setembro e 1.º de outubro, o curso de Psicologia da FAE Centro Universitário, com o apoio do Conselho Federal de Psicologia, promoveu o I Congresso Brasileiro de Psicologia da FAE. O evento abordou os principais e novos desafios da profissão e aproximou academia e mercado de trabalho.

Nos primeiros dias (29 e 30), o público participou de debates, palestras e bate-papos a respeito de temas relevantes para a profissão, com especialistas renomados e atuantes na área. Na oportunidade, também foi possível ter acesso a mais de 50 temáticas da atividade, fruto de estudos desenvolvidos e apresentados por estudantes de todo o país. Entre os conteúdos trabalhados estavam a Psicologia Hospitalar, Social Comunitária e Institucional, Organizacional, Forense e Contemporânea.

De acordo com as estudantes de Psicologia da FAE Aline Chote e Mayara da Costa, que integraram a equipe organizadora do evento composta de 18 voluntários do curso , a participação delas foi uma oportunidade única de intercâmbio de experiências com profissionais atuantes em diferentes segmentos da Psicologia.

“O congresso proporcionou uma grande oportunidade de networking entre profissionais e futuros profissionais. O retorno prático de assuntos trabalhados em sala e a experiência pessoal foram muito válidos”, relataram as alunas.

Já o terceiro e último dia contou com a palestra “A cura pela palavra hoje: psicanálise e brasilidade”, do psicanalista e professor catedrático da USP, vencedor do prêmio Jabuti de melhor livro em Psicologia e Psicanálise, em 2012, Christian Ingo Lenz Dunker, além da premiação dos trabalhos apresentados no Congresso.

Segundo a organizadora geral do Congresso e coordenadora do curso de Psicologia da FAE, Alexandra Arnold Rodrigues, o evento foi um sucesso em diferentes aspectos. “No que diz respeito à sua proposta, de discutir a práxis da Psicologia e os desafios que temos enfrentado, acredito que o congresso foi um sucesso. Os palestrantes nos agraciaram com leituras críticas da realidade profissional, todos muito atentos às especificidades socioculturais da atualidade e suas influências na formação e nas relações humanas. Os temas das mesas principais e as sessões temáticas permitiram analisar diversos contextos institucionais nos quais o psicólogo é requisitado, lançando problematizações e reflexões sobre o futuro”, diz.

A coordenação agradece aos alunos e monitores do evento, aos professores que integraram a comissão organizadora - Joyce Pescarolo, Mariana Puchivailo, Maria do Desterro, Inaê Benchaya e Carlos Aznar -, além dos Núcleos de Extensão e Pesquisa e o apoio da direção da Instituição.

Confira os trabalhos premiados:
  • 1.º lugar: “A lacuna moral na educação de meninos: os impactos das novas configurações de masculinidade na subjetividade infantil”, de Marcos Alan Viana, mestre em Psicologia.
  • 2.º lugar: “O luto em tempos de medicalização social: considerações a partir da psicanálise”, dos psicólogos André Victor Machado; Camila Ferrão; Giovanna Segalla e Maria Cremasco
  • 3.º lugar: “Ansiedade e depressão em pacientes com esclerose múltipla”, da Doutora em Saúde da Criança e do Adolescente, Regina Célia Veiga da Fonseca e a acadêmica do curso de Medicina Iasmin Alves Chirichela.
Confira algumas imagens do evento na galeria de fotos.





Galeria de fotos






Compartilhe: