Notícias

03.12.2014

FAE recebe o Prêmio SUCESU-PR 2014


Reitor da Instituição foi reconhecido como ‘Personalidade de Informática e Telecomunicações do Paraná’ pelo trabalho realizado no FAE Connect.
Reitor da Instituição foi reconhecido como ‘Personalidade de Informática e Telecomunicações do Paraná’ pelo trabalho realizado no FAE Connect.
A FAE conquistou, na última terça-feira, dia 2 de dezembro, o Prêmio SUCESU- PR 2014, na categoria ‘Personalidade de Informática e Telecomunicações do Paraná’. A cerimônia, promovida pela Associação dos Usuários de TI, ocorreu no Museu Oscar Niemeyer – MOM e teve como objetivo homenagear pessoas físicas, empresas privadas, entidades públicas e/ou sociedades de economia mista, que através de sua atuação na área tenham contribuído para o desenvolvimento da informática e das telecomunicações no estado do Paraná.

A Instituição foi lembrada pela inovação na criação do Portal FAE Connect e do FAE Connect App, plataformas desenvolvidas com o intuito de integrar alunos, docentes e instituição. Lincoln Martins Moreira, presidente da SUCESU-PR, convidou o Frei Nelson José Hillesheim, reitor da FAE, para receber o prêmio na categoria ‘Personalidade de Informática e Telecomunicações do Paraná’. Em seu discurso, o reitor falou sobre o quanto o projeto ‘FAE Connect’ é motivo de orgulho para os membros da equipe e instituição. “É uma alegria muito grande estar aqui nesta premiação. Nos sentimos ainda mais comprometidos com a educação. Quero agradecer a todos e a equipe de Tecnologia da Informação. É uma honra representar a FAE no recebimento deste prêmio”, agradeceu o reitor.

Membros da Reitoria, Direção e da equipe de Tecnologia da Informação do Grupo Bom Jesus e FAE, responsáveis por desenvolver o Portal FAE Connect e o FAE Connect App, estiveram presentes na cerimônia. De acordo com Clair Cardoso, coordenador de desenvolvimento e novas tecnologias da instituição, esse prêmio é o reconhecimento por um esforço em busca de inovação. Robson Padilha, analista de sistemas e professor do curso de Tecnologia e Sistemas para Internet, acredita que a implantação do FAE Connect faz com que os alunos participem ainda mais do que acontece na instituição. “Meus alunos me ajudaram no período de testes das novas plataformas”, contou Robson. Já Daniella Biselli, coordenadora de Web, vê o FAE Connect como algo inevitável nos dias de hoje. “Nós não somos uma empresa de TI. A FAE faz parte do segmento de educação, mas, ao mesmo tempo, não temos como fugir. Por isso, estamos buscando sempre nos adaptar com novas tecnologias que colaborem para o trabalho de todos da instituição”, conclui a coordenadora.



Galeria de fotos






Compartilhe: