Notícias

09.10.2014

Desaprender para aprender


Silvio Meira fala sobre Tecnologia do futuro na 13.ª Feira de Gestão da FAE.
Silvio Meira fala sobre Tecnologia do futuro na 13.ª Feira de Gestão da FAE.
Em seu segundo dia, a Feira de Gestão FAE recebeu o professor e cientista Silvio Meira. Engenheiro eletrônico, mestre em informática e autor de artigos e do livro “Novos Negócios Inovadores de Crescimento Empreendedor no Brasil, Meira apresentou sua visão e análise das evoluções tecnológicas ocorridas no último século e previsão para os próximos anos. “O futuro vem do futuro e não do presente”, iniciou sua explanação.

O palestrante contextualizou sua análise através de exemplos práticos da diferença em investir ou não na tecnologia. Citou a evolução do sistema de correspondência dos EUA e, mais recentemente, a empresa de equipamentos fotográficos Kodak. “O processo de aprender envolve desaprender”, ensinou. “A única capacidade realmente humana que nos separa dos outros animais e das máquinas é a capacidade de propor e resolver diferentes problemas. Esta é a nossa garantia de emprego e de futuro”, disse Meira, ressaltando que, em um futuro muito próximo, os únicos trabalhos existentes serão aqueles que envolvem criatividade. “Criatividade é a chave para a solução de todo problema. Se seu trabalho não é criativo, será irrelevante muito em breve”, profetiza.

Meira citou algumas profissões em processo de extinção, que serão substituídas pela tecnologia e concluiu “Estas profissões que não queremos para nossos filhos terão que ser informatizadas. Se não são boas para as pessoas, precisam ser substituídas por máquinas. Nosso trabalho será de desenvolver e comandar, não de executar”, diz.

Para embasar sua análise, Meira citou a Lei de Moore. “A cada dois anos, tem-se duas vezes mais capacidade de performance pelo mesmo preço. Nos próximos 40 anos, teremos passado por 20 Leis de Moore, o que significa um milhão de vezes mais capacidade de performance pelo mesmo preço”. Sobre os riscos da tecnologia, o cientista é enfático. “Tem uma enorme revolução digital que está pegando a caixa em que você está e jogando todo mundo para fora. O futuro depende de uma contínua transformação digital”.

Sobre os riscos desta postura, o palestrante foi categórico. “Inovação é a coisa mais arriscada que existe”. Questionado sobre como não perder a onda da revolução, Meira ensina. “Ninguém nunca mais vai sair da escola. Analise seu dia a dia. Se em uma semana você não aprender nada em seu trabalho, fique alerta. Se a conclusão persistir nas próximas 3 ou 4 semanas, peça demissão imediatamente”, disse.

Pressupondo uma revolução tecnológica, os futuros profissionais questionaram o palestrante sobre a questão de todos terem o conhecimento do desenvolvimento e programação. “O fato de se ensinar português nas salas de aulas não quer dizer que todo mundo pode escrever uma reportagem. Há o discernimento, a apuração dos fatos. Nem todo mundo pode ganhar dinheiro com o português. O fato de todo mundo entender de programação não vai acabar com a profissão. Sempre haverá necessidade de se criar, alavancar e integrar”. Meira citou que há muita “gambiarra” e que ela precisa ser combatida com pesquisa e informação. Finalizando seu raciocínio, Meira definiu. “Programação é programação, gambiarra é gambiarra!”

Feira de Gestão

Referência no Sul do País em eventos que unem educação e business, a Feira de Gestão da FAE chega à 13.ª edição. O encerramento do evento será com palestra do fundador e atual diretor executivo do Buscapé Company, Romero Rodrigues, que abordará a “Gestão do Futuro”.

A 13.ª Feira de Gestão da FAE tem o patrocínio master do HSBC e da Petrobras. As empresas AAM do Brasil e GVT complementam o quadro de patrocinadores. Como apoiadores, o evento conta com a Amil Qualicorp, BrMalls, Copel, Teletex, GRPCom, It4Cio, J. Malucelli, ITAC, Lace, Madero, Omar Camargo, Renault, Schultz, Sebrae, Valor Brasil e Viva Esporte Academia.

Sobre o palestrante

Silvio Meira é professor titular do Centro de Informática da UFPE, fundador e cientista chefe do Centro de Estudos ne Sistemas Avançados do Recife, presidente do Conselho de Administração do Porto Digital e co-criador de uma das primeiras redes de business designers do brasil, a Ikewai.

Meira é engenheiro eletrônico pelo ITA, mestre em informática pela UFPE e Ph.D. em Computação pela Universidade de Kent, Reino Unido. Autor de mais 250 artigos e do livro "Novos Negócios Inovadores de Crescimento Empreendedor no Brasil" (2013).

Serviço
13.ª Feira de Gestão 2014 – “Um olhar para o futuro”.

Realização: FAE Centro Universitário.
Quando: até 9 de outubro, das 18h30 às 22h.
Onde: FAE Centro Universitário – Prédio I (Rua 24 de Maio, 135 – Centro – Curitiba – PR).
Inscrições: Gratuitas e limitadas.
Mais informações: www.fae.edu/feiradegestao

Fotos: Valterci Santos



Galeria de fotos






Compartilhe: