Notícias

07.11.2012

FAE realiza I Encontro Aberto de Economia


Participação dos alunos e presença de especialistas de várias regiões do país enriqueceram os debates
Participação dos alunos e presença de especialistas de várias regiões do país enriqueceram os debates

Para finalizar o mês de outubro, a FAE Centro Universitário recebeu especialistas de várias instituições para apresentarem seus artigos durante o I Encontro Aberto de Economia, realizado com o apoio do Conselho Regional de Economia (CORECON), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Paraná (SINDUSCON-PR/SECONCI) e do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (IPARDES).

Durante os três dias de evento, sob o tema “Brasil e Competitividade – Caminhos e Rumos da Economia Brasileira para o Desenvolvimento”, aspectos da economia nacional versus a crise externa foram abordados e amplamente debatidos entre acadêmicos e professores.

O ex-presidente do Banco do Brasil, Luiz Antonio Fayed, realizou a palestra magna “Agronegócio: Alavanca do Desenvolvimento”, seguido por Francisco Roberto Fuentes Tavares de Lira , mestrando do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico (PPDGE), da Universidade Federal do Paraná (UFPR), que abordou o impacto do câmbio e das commodities sobre as exportações sul-americanas. A primeira noite contou também com a apresentação do professor da FAE , Richer de Andrade Matos, abrindo discussão acerca de como a construção de usinas pode favorecer o crescimento econômico local.

Na segunda noite, Ana Maria Coelho Pereira Mendes, doutora em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e professora adjunta da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), fez uma rápida explanação sobre a produção científica, seguida pelas apresentações de artigos pelos alunos da FAE, Matheus Felipe Fuck e Roland Braun, que realizaram um diagnóstico do setor de transporte de cargas no país comparando-o com o do Estados Unidos. Além disso, apresentaram soluções para o aumento da competitividade. Alfred Douglas Drahein, aluno de MBA do Centro Universitário de Maringá (CESUMAR), realizou uma interessante apresentação sobre a importância dos resíduos florestais para a economia do município de Ponta Grossa. A palestra de encerramento “Broken Brics. E o Brasil? Quebrou?” foi realizada pelo professor da Universidade Tecnológica do Paraná, Christian Luis da Silva.

Na última noite do evento, o professor Andrade de Matos realizou sua segunda apresentação com a palestra “Análise Crítica do Custo Médio Ponderado de Capital Regulatório Instituído pela ANEEL para o 3.º Ciclo de Revisão Tarifária Periódica das Empresas Distribuidoras de Energia no Brasil”. Já o debate sobre o sistema financeiro e a concorrência no mercado bancário brasileiro foram os assuntos apresentados pelos advogados e economistas, Eduardo da Silva Mattos (mestrando em Direito Comercial pela Universidade de São Paulo) e João Guilherme Duda, respectivamente.

Para encerrar o I Encontro Aberto de Economia, Diego Ferreira, mestrando do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico (PPGDE), apresentou o tema “Custo Brasil. Infraestrutura e Exportações: uma Análise de Insumo-Produto”.

Segundo o organizador do encontro, Julio Grudzien Neto (professor da FAE), esta primeira experiência serviu para alavancar as próximas edições. “Artigos de várias regiões do país foram submetidos para avaliação. Foi gratificante observar a recepção da comunidade para este tipo de evento”, afirma. A coordenadora do curso de Ciências Econômicas, Heloísa Puppi, já planeja a próxima edição. “Após a aceitação nacional deste primeiro encontro, já estamos planejando a segunda edição utilizando recursos de videoconferência. Desta forma, o evento será mais abrangente”, relata.





Galeria de fotos






Compartilhe: