Notícias

20.08.2018

Estudantes de Stanford dão aulas de programação


Universidade é uma das mais prestigiadas do mundo
Universidade é uma das mais prestigiadas do mundo
Os estudantes dos Colégios Bom Jesus e Sesc São José estão participando, durante os meses de agosto e setembro, de aulas de programação com estudantes norte-americanos da Universidade de Stanford (EUA).

Geoffrey Angus e Sabri Eyuboglu são alunos de mestrado da instituição e escolheram o Brasil, mas especificamente o Colégio Bom Jesus, para realizar um estágio voluntário.

"As aulas acontecem em inglês e português e são uma iniciativa do Colégio Bom Jesus, coordenada pelo professor Adalberto Scortegagna, com o apoio do Núcleo de Relações Internacionais da FAE (NRI), que auxiliou na recepção de estudantes, e também com a ajuda de um colega brasileiro, como conta Sabri."

“Em Stanford conhecemos Breno Dal Bianco, que é ex-aluno do Bom Jesus e estuda nessa universidade atualmente. Ele comentou conosco que a escola poderia aceitar a ideia de um programa de aulas de informática. Desde então o colégio nos auxiliou bastante. É uma escola muito desenvolvida e de muitas iniciativas que envolvem inovação. Isso é muito importante na programação.”

A mesma aula lecionada por eles nos Estados Unidos é realizada aqui para os alunos do Grupo Educacional Bom Jesus. Animados, eles contam que gostam de trabalhar com jovens e que a programação é algo que todos podem aprender.

“A programação pode ser útil para pessoas que desejam atuar em qualquer área. Devido às tecnologias, é algo que está em crescimento e com que essa geração já é familiarizada, isso ajuda nas atividades também”, relata Geoffrey.

Programando
O curso de programação dura nove semanas e terminará em setembro. Participam alunos do Bom Jesus Centro e High School, Bom Jesus Lourdes e High School, além de Sesc São José. As aulas contam com alunos das próprias unidades que auxiliam na tradução.



Galeria de fotos






Compartilhe: