Notícias

28.04.2017

FAE apresenta novo curso de Gestão de Escritórios de Arquitetura


Programa de ensino inovador foi desenvolvido em parceria com a AsBEA-PR
Programa de ensino inovador foi desenvolvido em parceria com a AsBEA-PR
Na noite da última quarta-feira (26), a FAE Business School, em parceria com a Associação Paranaense dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA-PR), lançou o curso de Gestão de Escritórios de Arquitetura.

Um dos principais objetivos do programa de ensino é oferecer as ferramentas de business mais modernas do mercado, com foco no segmento de arquitetura, para que o profissional empreendedor tenha total condições de otimizar resultados e de gerenciar o seu negócio com mais eficiência.

Para o diretor de Negócios da FAE Business School, Roberto Herrera, essa é uma oportunidade para os arquitetos que buscam oferecer serviços cada vez mais inovadores e de excelência aos seus clientes. “Decidimos criar este curso para contribuir com o desenvolvimento do mercado de arquitetura, unindo a nossa expertise em negócios e empreendedorismo ao conhecimento de mercado da AsBEA”.

Para a coordenadora da graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAE Centro Universitário, Adriane Cordoni Savi, que também prestigiou o evento, esta iniciativa vai ao encontro da atual demanda dos profissionais da área. “A apresentação do novo curso do segmento de educação executiva da FAE deixou claro que a proposta é de aplicar o conhecimento na prática, com o desenvolvimento de cases reais em sala de aula e do estreito diálogo com o mercado”, avaliou.

O lançamento teve o apoio do HAUS, caderno de design, decoração e arquitetura do jornal Gazeta do Povo, e contou com a presença do editor assistente da publicação, Luan Galani.

Na oportunidade, o público também assistiu a uma palestra e a uma mesa-redonda com a presidente nacional da AsBEA-PR, Miriam Addor, e com a arquiteta Sabrina Slompo.

De acordo com os dados apresentados pela presidente da AsBEA nacional, o mercado ainda é predominantemente dominado por empresas de pequeno porte, onde 93% dos escritórios são micro e pequenas empresas (média de três colaboradores), contra 2% de escritórios de grande porte, com mais de 100 funcionários.

“Essa realidade só pode ser mudada se equalizarmos a relação entre formação técnica e competência em gestão, evoluindo de um contexto liberal para sistemas organizacionais mais ágeis e competentes, capazes de lidar com a complexidade do nosso segmento, sujeito a tantas inovações e padrões cada vez mais globalizados. Além disso, é necessário saber gerenciar equipes, projetos, interagir com clientes, entre outras estratégias competitivas”, destacou Miriam Addor.

O curso de Gestão de Escritórios de Arquitetura inicia no dia 16 de maio. Mais informações aqui.




Galeria de fotos






Compartilhe: