Por trás da Muralha de Fogo da China


Por trás da Muralha de Fogo da China

Nesse curso, Alê Amazonia, além de tratar sobre temas recorrentemente abordados sobre a China, como: técnicas de negociação, costumes, história, tradição e desenvolvimento tecnológico e econômico chinês, aborda também temas mais obscuros e sensíveis sobre a sociedade chinesa. O intuito é apresentar o contexto de complexidade da difícil tarefa administrativa que é conduzir a maior e mais antiga civilização da humanidade.
Os temas são apresentados através de sua própria experiência. Amazonia sentiu na pele os limites da subversividade da atitude punk em um país onde comunismo, capitalismo, imperialismo e nacionalismo se misturam e se complementam – no socialismo com características chinesas ou socialismo de mercado. De forma acessível e dinâmica, guia o expectador a um mergulho revelador na psiquê e visão sinocentrista de mundo; de vida; e de história; abordada de uma forma nunca feita antes.
Em sua vivência de oito anos no império do centro, Amazonia fundou duas empresas e viajou em turnê mais de quatro vezes pelo país. Passando por 38 cidades em 27 províncias, trabalhou como consultor de negócios internacionais antes de migrar para área de produção cultural e artística independente. Teve contato próximo com a censura, o submundo das drogas, perseguição por fan fantástica, cadeia, fama, negociações milionárias, cooperação com marcas internacionais, cooperação com governo brasileiro na China, produção
de álbuns, turnês, residências artísticas, galerias de arte, festivais de cinema, filmes, documentários e por fim, um convite velado para se retirar do país.


Ementa:
- Técnicas de negociação baseado em costumes e práticas dos chineses;
- 5 coisas que você NÃO deve fazer quando está negociando com um chinês;
- 5 coisas que você DEVE fazer quando está negociando com um chinês;
- Introdução à visão sinocêntrica de mundo;
- Breve contextualização da história milenar e contemporânea da China;
- Breve contextualização do funcionamento do Partido Comunista chinês;
- Introdução ao sinofuturismo;
- Relação Brasil-China;
- Introdução ao plano de domínio mundial "Belt & Road";
- Controle & Censura.

 

Informações Gerais

Datas: Maio de 2022

Horário: das 19h às 22h

Inscrições: até 10 de maio

Investimento: Alunos e ex-alunos FAE R$110,00 | Público externo R$130,00 | Colaboradores Grupo Bom Jesus R$65,00

Carga horária: 6h

Local: FAE Centro Universitário (Curitiba)

 

Informações Adicionais
- O curso tem duração total de 02 encontros.
- Os certificados serão disponibilizados em até 30 dias úteis após o término do curso, para os alunos que obtiverem, no mínimo, 75% de frequência.
- No caso do pagamento do curso ser realizado por empresas, os dados dos campos do Boleto e Nota Fiscal deverão ser preenchidos em nome da Empresa.
- Caso o curso não atinja o número mínimo de inscrições e se o inscrito efetuou o pagamento, o mesmo será ressarcido com valor total pago, em até 30 dias úteis.
- Em caso de desistência do curso, o inscrito deverá informar a sua intenção ao Núcleo de Extensão através do e-mail extensao@fae.edu, com 72h de antecedência à data de início do curso. Será reembolsado o valor referente a 80% (oitenta por cento) do valor pago. Após este prazo, não será efetuado o ressarcimento.
- O Núcleo de Extensão Universitária se reserva o direito de alterar o professor, horários e datas do curso oferecido, caso seja necessário.
- A confirmação ou o eventual não oferecimento do curso será comunicado aos inscritos em até 02 (dois) dias antes do início do curso.

Ministrante: Alê Amazonia
Artista multidisciplinar nascido em Curitiba. Graduado em Comércio-Exterior na Universidade Positivo, atuou em diversos seguimentos do ramo desenvolvendo em paralelo à sua carreira como artistas e produtor cultural independente. 
Na música, iniciou e seguiu atuando como baterista em bandas de punk desde de sua adolescência até 2012, ano em que se mudou para China, onde morou por 8 anos. Por lá, inicialmente foi estudar mandarim na Universidade Jiaotong em Xangai, e trabalhou como inspetor de linhas de produção para empresas brasileiras de artigos esportivos. Em 2014, conheceu o músico e compositor chinês Guang Xiaotian, e logo se tornaram amigos. Ele então o convidou a integrar sua banda de punk: Oh!Dirty Fingers e assim iniciou sua carreira de músico na China. Com três álbuns gravados e diversas turnês no currículo, a banda alcançou sucesso de público e da crítica especializada. Paralelamente, também desenvolveu outros trabalhos no mercado das artes; como produtor cultural, festivais de cinema, produções audiovisuais brasileiras, e como curador e gerente de um espaço cultural/galeria de arte em Pequim e Xangai; também foi assistente de produção para selos de música, como Maybe Mars Records, bem como co-fundador da plataforma de mídia independente Subtropical Asia. Em 2018, criou o projeto de intercâmbio cultural entre Brasil e China, focado em residência artística e coproduções musicais entre artistas brasileiros e chineses, chamado China Tropical (que teve apoio da Embaixada Brasileira em Pequim) e duas edições realizadas com os artistas brasileiros Negro Leo, Ava Rocha & Tulipa Ruiz, em parceria com os artistas chineses Gooooose, Yehaiyahan e 33EMYBW. 
Atualmente de volta ao Brasil, Amazônia lança seu primeiro livro, “Mil olhos, mil braços: relatos de um punk antropofágico na China vermelha” com editora paulistana Autonomia Literária, relatando sua experiência como um músico punk na China vigilante e contemporânea; além de lançar sua carreira como artista solo sob o pseudônimo Amazonia, O Selvagem, e desenvolver a palestra “POR DE TRÁS DA MURALHA DE FOGO DA CHINA”, onde aborda temas na China milenar e contemporânea.

Créditos da foto: Elsa Bouillot



Gostou do curso?

Entre em contato com o Núcleo de Extensão:
Envie e-mail para extensao@fae.edu ou entre em contato pelo telefone 41 2105-4013

Conheça outros cursos que a FAE oferece:


Verifique o  Cadastro FAE no MEC