Notícias

20.04.2017

Empreendedores sociais da FAE


Alunos do MEP, curso de Administração em período integral, iniciaram projetos de apoio ao Hospital Pequeno Príncipe
Alunos do MEP, curso de Administração em período integral, iniciaram projetos de apoio ao Hospital Pequeno Príncipe
Os alunos da FAE são incentivados constantemente a desenvolver habilidades de liderança alicerçadas em valores humanos. No curso Management Experience Program (MEP), por exemplo, os estudantes são instigados, logo no primeiro período, a desenvolver projetos de negócios reais para solucionar desafios do Hospital Pequeno Príncipe (HPP).

A iniciativa já é tradição. Desde 2011, as turmas do MEP promovem ações promocionais para a arrecadação de fundos, que subsidiam parte das despesas do HPP, maior hospital exclusivamente pediátrico do Brasil, com a compra de insumos não cobertos pelo SUS.

Uma das maneiras para mensurar o sucesso da ação é a evolução do histórico de arrecadação. Em 2011, os estudantes reverteram quase R$ 5 mil com o projeto piloto. Já na última edição, foram mais de R$ 65 mil arrecadados, que beneficiaram milhares de crianças e adolescentes atendidos por diversos setores do HPP.

Neste ano, as turmas estão organizadas em nove grupos, que devem apresentar cerca de 20 projetos, no mês de maio, para apreciação dos gestores do HPP. De acordo com um dos coordenadores da ação, o professor Luis André Wernecke Fumagalli, a expectativa é a melhor possível. “Nesta edição, devido ao know-how adquirido pelo curso e, principalmente, ao entusiasmo dos nossos alunos, tudo indica que deveremos ultrapassar os recordes dos anos anteriores”, prevê.

No início do semestre, os alunos receberam a equipe de Novos Projetos do HPP, formada pelas profissionais Isabela Lombardi e Júlia Tinoco D’amo, que apresentaram algumas regras e procedimentos do hospital para a aplicação dos projetos acadêmicos. Na sequência, os estudantes tiveram a oportunidade de efetuar uma visita técnica às instalações da instituição de saúde.

“O objetivo foi o de conhecer o cliente, pois todas as etapas do projeto organizado pelo MEP têm um embasamento teórico robusto e com aplicação prática, sempre alinhadas com as melhores práticas do mercado. É uma experiência profissional real para os nossos alunos”, explica Fumagalli.

Agora, os projetos serão apresentados para uma banca formada por gerentes de projetos e diretores do HPP, no dia 18 de maio, e os trabalhos aprovados entrarão imediatamente na fase de execução, que tem prazo para terminar no final do segundo semestre. O encerramento é marcado por uma apresentação dos resultados e das experiências pessoais e profissionais de cada aluno nesta iniciativa empreendedora, além da prestação de contas e do repasse do resultado financeiro para o hospital.




Galeria de fotos






Compartilhe: